Inbound e Outbound: quem vence essa disputa?

Inbound e Outbound Marketing: entenda quais são as diferenças e as vantagens dessas estratégias de marketing para escolher a mais adequada para o seu negócio.

Luiza Telexa

em 12 de agosto de 2022

Participe da newsletter para receber conteúdos exclusivos

    Inbound e Outbound são estratégias de vendas de marketing criadas para captação e nutrição de potenciais clientes para sua empresa.

    Enquanto o Inbound é voltado para a captação de clientes passivamente – atrair para converter, em que o cliente vem até a sua empresa. O Outbound capta clientes ativamente, oferecendo seus produtos com o intuito de conquistá-los – num esquema ofertar para converter.

    É normal ficar um pouco confuso com essas duas metodologias de prospecção de clientes no início, até porque conforme os hábitos de consumo vão se modificando, as estratégias também precisam ser modificadas, a fim de continuarem atingindo seus consumidores, que hoje não acompanham estaticamente a jornada de prospecção, mas sim, são participantes ativos desse processo.

    Outbound Marketing

    O Outbound também é conhecido por muitos por ser o formato “antigo de prospectar clientes”. Mas, ao contrário do que muitos pensam essa estratégia está longe de ser ultrapassada. Até porque, o Outbound tem diversos atributos que podem ser usados para prospectar clientes.

    Como mencionamos, no Outbound a captação de clientes ocorre ativamente. Na prática, uma empresa faz o mapeamento de seu público-alvo, verifica quem desse público tem potencial para ser seu cliente, e vai até esse público oferecendo seus produtos e serviços. Revelando qual é a proposta de valor da sua marca e quais são as vantagens de consumir nela.

    Esse processo de captação pode ou não ser realizado fisicamente. Sabe quando você está caminhando pelo centro da cidade, e é abordado por alguém que lhe oferece um folder de um restaurante? Então, isso é Outbound Marketing.

    Folders, panfletos, banners, flyers, mídia exterior (outdoor, posters, backlights, frontlights, busdoor, relógios de rua), comerciais de TV, comerciais no YouTube, publicidade nas Smart TVs e streamings, anúncios na rádio e nos podcasts, mídia display, telemarketing, mala direta, pop-up, email marketing, publicidade em eventos (shows, partidas de futebol, competições como NBA ou o Super Bowl, premiações), cold call, publicidade estampada na roupa de personalidades, Facebook Ads, LinkedIN Ads, Google AdWords – tudo isso é Outbound Marketing.

    Nesta imagem podemos ver três moças entregando panfletos para um senhor. Panfletos que fazem parte de uma estratégia de outboun e inbound marketing, mas sempre de outbund, afinal, elas estão indo atrás do cliente.

    Folders, panfletos e flyers são exemplos de estratégias de prospecção características do Outbound Marketing. Imagem: Reprodução/ Istock

    Em cada uma dessas estratégias de captação, é a marca que vai até o cliente, partindo do lugar de emissor, onde o público assume a posição de receptor.

    Vantagens do Outbound Marketing

    Visibilidade

    No Outbound, o cliente não pode simplesmente escolher ignorar as ações que chegam até ele. 

    Não há como fugir dos comerciais de TV. Se você quiser assistir ao seu telejornal favorito, vai ser impactado com eles, e por mais que você não consuma conteúdo televisivo, em algum momento, você vai ser exposto a um outdoor enquanto vai para o trabalho.

    Assim como também não há como fugir daqueles pop-ups que aparecem na tela durante a navegação online. A menos que você esteja em uma caverna e não use internet, mas ainda sim, essa marca vai encontrar uma forma de chegar até você, afinal você é muito precioso para que ela desista de alcançá-lo na primeira oportunidade.

    Memorização

    Além de serem impossíveis de não serem vistos, são fáceis de serem memorizadas. Por exemplo, vamos dizer que você está assistindo a um clássico do time do seu coração, e avista o logotipo de uma determinada empresa, bem na manga da camisa do seu jogador preferido – impossível não memorizar (ainda que de forma inconsciente).

    Resultados a curto prazo

    Enquanto no Inbound Marketing ocorre um processo de atração, nutrição até que aconteça a conversão – o que demanda bastante tempo entre um estágio e outro. No Outbound o objetivo é gerar um desejo no consumidor, de maneira que esse possa responder rapidamente.

    Talvez você já tenha ouvido termos como: “deu a louca no gerente”, ou “tudo pela metade do preço só até hoje”? Então, esses são alguns dos gatilhos que fazem parte de uma proposta de Outbound, que foca em obter resultados a curto prazo.

    Nesta imagem podemos ver um backlight anunciando uma promoção, e ao seu lado uma moça passa por ele. Os backlights que são estratégias de outbound marketing.

    Essa é uma das vantagens do Outbound, ele leva até o seu cliente em potencial uma determinada mensagem que fique martelando na cabeça do seu consumidor. Imagem: Reprodução/ Istock

    Inbound Marketing

    Diferente do Outbound, no Inbound Marketing as estratégias são voltadas para a atração de potenciais clientes. Os esforços estão concentrados em atrair o cliente, educá-lo, nutri-ló até que ele esteja pronto para a compra e busque a você e seu produto/serviço. No Inbound, o cliente busca a empresa e não o contrário.

    Ao longo do processo de buscas, na jornada de compra do cliente, ele não vai digitar o nome da sua empresa voluntariamente no Google. É aqui que entra o trabalho de geração de conteúdo no Inbound Marketing.

    A internet e seus avanços revolucionou a forma como o marketing é feito, e podemos ver os reflexos dessas mudanças nas formas de consumirmos conteúdos. Atualmente, as redes sociais e os blogs atuam como um dos principais meios de atração de clientes, uma vez que o consumidor encontra nelas um conteúdo que tenha valor para ele, e que o ajude a entender algum conceito, gere entretenimento, o encante ou converse com ele.

    Os blogs são excelentes meios de conversão, afinal neles você pode oferecer conteúdos, formações, planejadores, ebooks, dicas e uma infinidade de recursos para tornarem a experiência do seu consumidor mais robusta.

    Nesta imagem podemos ver uma menina que está produzindo algum conteúdo por meio do dispositivo móvel. Produzir conteúdo de valor faz parte da estratégia de inbound marketing.

    E quanto mais conteúdo de valor você oferecer, mais chances de solucionar as dores do seu target você tem. E quanto mais satisfeito ele ficar, mais chances você tem de que esse cliente se apaixone e confie no trabalho da sua empresa, se tornando um fidelizador seu. Imagem: Reprodução/ Istock

    Vantagens do Inbound Marketing

    Conectividade com o consumidor

    Essa é uma das principais vantagens do Inbound, pois quando o cliente vem até a sua empresa e passa a encontrar ali, diariamente, um conteúdo que sana suas dúvidas, uma relação é criada. E o cliente vê na sua empresa um alicerce para momentos de dúvidas, quando precisar, ele já sabe para onde correr. 

    Baixo custo

    Para veicular um comercial na TV, na rádio ou nos streamings, o valor pode ser considerável e até inviável para algumas empresas.  O Inbound é uma alternativa de custo baixo, afinal, criar um blog e aplicar uma estratégia de SEO é relativamente barato.

    E você pode acompanhar o desempenho do seu blog/site no próprio Google Analytics, de forma gratuita.

    Ajuda a entender em qual etapa da jornada de compra o cliente está

    As estratégias de Inbound te ajudam a entender em qual etapa da jornada de compra o seu cliente está, se no topo do funil de vendas, no meio ou mais afunilado ainda, te auxiliando no processo de direcionamento de conteúdos e soluções para esse cliente.

    Cases Inbound e Outbound Marketing

    Inbound Marketing: Rock Content

    Um dos maiores exemplos de Inbound Marketing bem sucedido, é o da Rock Content, a empresa brasileira de marketing que foi fundada em Belo Horizonte, Minas Gerais, é considerada hoje a maior empresa de marketing de conteúdo da América Latina.

    Com uma metodologia própria, focada no marketing de atração, a empresa conquistou a mente e o coração de seu público, resultado de um trabalho desenvolvido a longo prazo e pautado em quatro estágios: Estrutura básica de conteúdo, Máquina de tráfego, Mestre dos leads e Fazendo negócios.

    Outbound Marketing: Pirelli na Fórmula 1 

    Os eventos são excelentes espaços para convencer seu target a se encantar por seu produto ou serviço. Pensando nisso, a Pirelli, a empresa italiana de pneus, desenvolve esforços voltados para eventos esportivos como a Fórmula 1.

    Por meio da mídia exterior, quem está acompanhando a corrida é exposto a essa publicidade.

    Nesta imagem podemos ver uma estrutura externa da Pirelli montada no GP de Mônaco.

    Publicidade da Pirelli no GP de Mônaco, na França – Fórmula 1. Imagem: Reprodução/ Istock

    Av. do Antão, 1762 - Morro da Cruz | Florianópolis
    (ver endereço)