O consumo de podcasts no Brasil

30 milhões de usuários consomem podcasts no Brasil. Fique por dentro das estatísticas de consumo dos brasileiros e das tendências desse formato.

Luiza Telexa

em 3 de outubro de 2022

Participe da newsletter para receber conteúdos exclusivos

    O consumo de podcasts no Brasil levou o nosso país ao terceiro lugar no pódio dos países que mais ouvem o formato no mundo, atrás apenas da Suécia e da Irlanda. Somamos mais de 30 milhões de usuários e cerca de 40% dos brasileiros ouviram um episódio de podcast, nos últimos 12 meses.

    Vivemos na era do áudio. É quase impossível não consumirmos conteúdo nesse formato. E o consumo de podcasts é alto pois ele é extremamente prático. É possível ouvir enquanto está com o celular na mão realizando boa parte das atividades do dia a dia: seja a caminho do trabalho, na academia ou durante a louça.

    Nesta imagem podemos ver a imagem de uma moça que está ouvindo um podcast. Os podcasts no Brasil que alcançaram estatísticas poderosas de consumo .

    Ouvir a qualquer hora e em qualquer lugar, com apenas um clique, é um dos motivos que contribuiu para que o podcast se tornasse esse fenômeno. Imagem: Reprodução/ IStock

    O futuro do consumo de podcasts no Brasil… e no mundo

    Listener experience

    A “experiência do ouvinte” é uma série de técnicas que promete aprimorar a forma como os usuários de podcasts consomem conteúdo. Compreender a forma e as etapas do processo de quem interage com seu material é fundamental para entender onde você está acertando e onde pode melhorar.

    Proporcionar uma experiência mais agradável o possível para o ouvinte vai fazer toda a diferença para que ele continue fiel ao seu conteúdo e o indique para seus amigos, afinal, ele é a alma do seu podcast, então gastar tempo pensando nele, é fundamental.

    Microcasts

    Os microcasts são nada mais nada menos que episódios individuais de podcasts que duram menos de 10 minutos. A ideia é oferecer um material que tenha um tempo de duração mais próximo ao das músicas.

    Essa é uma tendência que veio para ficar, e uma de suas vantagens é que ao final de 1 hora, você pode ter escutado no mínimo 6 episódios de microcasts.

    Podcasts ranqueados na SERP

    A SERP que significa Search Engine Optimization, ou otimização para motores de pesquisa, trazendo para o português, é um conjunto de técnicas que ajuda a melhorar o ranqueamento de um assunto nos mecanismos de pesquisas, como o Google, o Bing, o Safari e muitos outros.

    Desde 2019, o Google passou a exibir episódios de podcasts como resultado de pesquisa em suas páginas, o que representou um grande avanço para os produtores desse formato, já que é possível aperfeiçoar a performance desse material, de maneira que ele ranqueie entre os primeiros resultados.

    Mais anúncios

    Cerca de 23% das pessoas relatam que gostam de escutar anúncios em podcasts, enquanto 33% afirmam que os anúncios não as incomodam e 16% são indiferentes a eles.

    Diferente de grande parte dos consumidores de conteúdo da rádio, TV e redes sociais, os ouvintes de podcast são mais tolerantes aos anúncios nesse formato, uma vez que eles entendem que a publicidade nesse meio é fundamental para manter o programa no ar.

    Assim, os ouvintes entendem que esse momento já faz parte da grade de seus programas favoritos.

    Imagem: Reprodução/ the news

    Mídia programática nos podcasts

    Nesse tipo de publicidade a compra de mídia é automatizada por meio de plataformas de softwares, tornando o processo muito mais rápido e eficiente.

    E por mais que o consumidor esteja mais acostumado e aberto a ouvir anúncios durante seus podcasts favoritos, a mídia programática é uma realidade que já se instalou na publicidade digital e que certamente dominará em breve o universo dos áudios.

    O consumo de podcasts no Brasil

    Agora que a gente já conheceu as tendências, vamos entender quais são os formatos favoritos de podcast no Brasil:

    1. Entrevistas

    2. Narrativas

    3. Mesa Redonda

    4. Reportagens

    5. Resumo/notícias do dia

    Já em relação aos gêneros preferidos dos ouvintes brazucas estão:

    1. Sociedade e Cultura

    2. Educação

    3. Estilo de vida

    4. Religião

    5. Comédia

    Os podcasts são amplamente consumidos em todo o Brasil. Entre as plataformas mais utilizadas pelos usuários, o Spotify está na primeira colocação com 25% da fatia de mercado, em seguida o Apple Podcasts com 20% e o Google Podcasts fecha o pódio com 16%.

    Segue o ranking dos cinco podcasts mais consumidos pelos brasileiros: 

    1. Podcast Horóscopo Hoje, voltado para previsões diárias dos signos.

    2. Podcast Mano a Mano, um programa de entrevistas do Mano Brown.

    3. Flow Podcast, videocast de entrevistas apresentado por Bruno Monteiro Aiub e Igor Rodrigues Coelho.

     

    Ver esta publicação no Instagram

     

    Uma publicação partilhada por Flow (@flowpdc)

    4. PrimoCast, podcast d’O Primo Rico, voltado para o mundo dos investimentos, finanças e empreendedorismo.

    5. Fechando o pódio está o podcast Café da Manhã, da Folha de São Paulo, que traz para o ouvinte que acabou de acordar os principais releases da semana e do dia.

    Quem são os ouvintes de podcast no Brasil?

    O podcast é um formato consagrado entre os brasileiros, mas e como está a distribuição demográfica desse público?

    Quando falamos de gênero, 51% dos ouvintes são homens, enquanto que 49% são mulheres.

    A faixa etária está dividida da seguinte forma:

    16 – 24 anos representam 24%

    25 – 34 anos representam 28%

    35 – 44 anos representam 22%

    45 – 54 anos representam 17%

    55 anos + representam 9% dos consumidores.

    Nesta imagem podemos ver um senhor escutando podcast. Os podcasts no Brasil conquistaram o coração de todos os públicos.

    Apesar de ser muito popular entre as gerações Y e Z, o consumo de podcasts por parte das demais gerações compõem grande parte da fatia de ouvintes totais. Imagem: Reprodução/ IStock

    No quesito classe social, no topo temos as classes A/B totalizando 35%, seguidas pela C e D, com 51% e 14% dos internautas, repectivamente.

    Ao olharmos para as regiões do Brasil, é o Sudeste que encabeça o grupo representando 46% do público total, seguido pelas regiões Nordeste com 26%, Norte/Centro-Oeste com 15% e Sul com 13%.

    O consumo de podcasts no Brasil já era muito forte, mas foi com o isolamento social que o formato viu um amplo crescimento tanto no número de usuários, quanto no número de programas, que chegou a atingir mais de 20.000 podcasts só no país.

    57% dos ouvintes declararam que começaram a escutar durante a pandemia, enquanto que 43% já ouviam, e destes, 31% passou a ouvir ainda mais do que antes.

    Em que momento os usuários estão consumindo podcasts no Brasil?

    44% – Junto com atividades domésticas

    38% – Enquanto navegam na internet

    25% – Antes de dormir

    24% – Enquanto trabalham/estudam

    24% – Enquanto estão no trânsito

    20% – Junto com atividades físicas

    18% – Junto com cuidados pessoais

     

    Afinal, o que é podcast?

    Os podcasts são arquivos digitais em formato de áudio transmitidos através da internet. Suas reproduções são sob demanda, ou seja, quando o usuário quiser.

    Eles podem ser consumidos online ou offline e geralmente são dispostos em episódios. Um podcast pode abordar os mais diversos assuntos, e pode ser produzido em diversas linguagens, como a narrativa, reportagem, entrevista, debates, análises e muitas outras.

    Além disso, ele pode ser veiculado também no formato de vídeo, são os chamados videocasts, em que além de consumirem o áudio, o telespectador consome também o conteúdo em vídeo.

    Nesta imagem podemos ver três pessoas pessoas participando de um podcast. Elas parecem dialogar tranquilamente e alegramente. Os podcasts no Brasil que inclusive, alcançaram estatísticas altas de consumo no Brasil.

    Esse material pode ser hospedado em sites ou em aplicativos de áudio via streaming. Algumas das plataformas mais conhecidas são o Spotify, Deezer e Apple Music. Imagem: Reprodução/ IStock

    Os podcasts surgiram em 2004 unindo as ferramentas do rádio com os novos comportamentos de consumo da população. Adam Curry, ex-VJ na MTV, foi o responsável por criar o primeiro agregador de podcasts.

    Av. do Antão, 1762 - Morro da Cruz | Florianópolis
    (ver endereço)