Brand Awareness nunca foi tão importante

Ter a sua marca reconhecida onde estiver é o grande sonho dos profissionais de marketing ao redor do mundo. Conheça algumas estratégias utilizadas por outras equipes, que podem te ajudar a aumentar seu brand awareness.

Luiza Telexa

em 12 de julho de 2022

Participe da newsletter para receber conteúdos exclusivos

    O reconhecimento de marca (brand awareness) é o principal objetivo dos departamentos de marketing dos próximos anos. As formas de consumo mudaram drasticamente, e diante de uma quantidade enorme de canais e meios de contato com o público, ficou cada vez mais desafiador ter uma marca que se destaca e é de fato, reconhecida pelo público.

    Reunimos as principais estratégias retiradas do relatório anual divulgado por uma empresa global de pesquisas sobre marketing, para te ajudar a preparar suas estratégias para os próximos anos. E adivinhe o que todos os profissionais tinham em comum? Necessidade de investir em brand awareness, ou reconhecimento de marca. 

    2 principais fatores que afetam brand equity 

    (É importante explicar: brand equity, em português, a equidade da marca, diz respeito ao valor agregado da mesma, esqueça o preço e pense em valor.) 

    • Cada vez menos pessoas vão presencialmente até as lojas e shoppings para comprar. Diante disso, fica mais difícil visualizar os logos ou marcas em frente às lojas ou as próprias vitrines. Em vários segmentos, a consciência de marca nunca foi tão importante. 
    • As opções online são infinitas, a “vitrine” nunca acaba e isso diminui a possibilidade de se destacar em meio a tantas opções.
    As compras online ganharam muita força nos últimos tempos, o que impede o tradicional brand awareness nas áreas externas

    As compras online ganharam muita força nos últimos tempos, o que impede o tradicional reconhecimento das marcas visualmente nas áreas externas. Imagem: Reprodução/Istock

    Esses dois principais fatores demonstram a importância de manter a consciência de marca, já que, estar na mente dos consumidores vai fazer a diferença na hora de fechar uma venda. 

    A importância do Brand Awareness

    Ele influencia diretamente na tomada de decisão da compra. Pesquisas sobre a jornada do consumidor apontam que entre 80 categorias de produtos estudadas, descobriu-se que 85% das compras foram de marcas que o cliente já conhecia ou havia comprado no passado. Enquanto, 22% dos consumidores afirmou que sentem-se preocupados ou nervosos quando compram de uma marca nova/desconhecida. 

    Ainda que esse dado represente um fator importante sobre o reconhecimento de marca, os profissionais de marketing apresentam dificuldades em mensurar quantas vendas foram geradas através da notoriedade da marca. Estudos da Nielsen apontam que, em média, a cada 1 ponto ganho em reconhecimento de marca, gera 1% no aumento de vendas. 

    2 dicas de ouro que vão auxiliar você a trabalhar melhor a construção da sua marca

    1 – Alinhe suas estratégias e objetivos de acordo com métricas que podem ser atingidas com metas plausíveis. Os últimos anos vem sendo um desafio grande, então é natural que os profissionais estejam focando seus esforços naquilo que vai trazer retorno imediato. Contudo, se o foco é o reconhecimento de marca, os esforços precisam ser direcionados para um conjunto diferente de canais, táticas e KPIs.

    2 – Mantenha-se atualizado sobre onde está o seu consumidor. Faça constantes pesquisas para entender em que aplicativos ele passa o seu tempo, onde ele compra, que tipo de conteúdo ele consome e enfim. Sua marca precisa estar presente onde ele está, assim conforme as mudanças de comportamento acontecerem, você estará à frente. 

    Consciência de marca e as mídias sociais 

    64% dos profissionais de marketing ao redor do mundo, apontam que as mídias sociais são o canal pago que melhor traz retorno a eles. E muitas dessas marcas estão encontrando sucesso com as mídias sociais, especialmente o TikTok e o Instagram. 

    O que está impulsionando esse aumento no investimento em mídias sociais é a crescente popularidade desses canais. Quando perguntados, os profissionais de marketing do estudo afirmaram que pretendem aumentar seus orçamentos destinados para mídias sociais mais do que em qualquer outro canal no próximo ano. 

    O contínuo crescimento de acesso em redes sociais (só no Brasil mais 53,7 milhões de usuários estão no Tik Tok) fez com que os investimentos em publicidade nesses meios aumentassem. Imagem: Istock

    O que chamou a atenção nisso é que, apesar de o planejamento orçamentário para mídias sociais estar aumentando, os profissionais pesquisados apontam que a Geração Z não é prioridade para eles. Ainda que, boa parte do investimento esteja concentrado em plataformas como o TikTok e o Instagram (redes majoritariamente habitadas pela Geração Z).

    Apesar dos meios tradicionais de comunicação, como a televisão e o rádio, serem comprovadamente mais eficazes em garantir a construção da marca e a aquisição de novos consumidores, os profissionais apontaram que pretendem aumentar seus investimentos, principalmente em mídias sociais (53%), e não em meios tradicionais.

    Diante disso, dois pontos importantes são observados: um possível desalinhamento entre os objetivos dos negócios e as estratégias de marketing (já que não se pretende aumentar os investimentos em canais tradicionais ao mesmo tempo em que, o principal objetivo das marcas é aumentar o reconhecimento). Esse posicionamento denota ceticismo entre os profissionais de marketing com relação à eficácia dos meios tradicionais em comparação aos digitais. 

    Av. do Antão, 1762 - Morro da Cruz | Florianópolis
    (ver endereço)